Durée  3 hours 11 minutes

Coordonnées 870

Uploaded 16 février 2019

Recorded février 2019

-
-
340 m
185 m
0
4,3
8,6
17,11 km

Vu 237 fois, téléchargé 11 fois

près de Celorico de Basto, Braga (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

FIM DE LINHA… DO TÂMEGA
Retomamos uma iniciativa antiga de percorrer as linhas férreas desativadas, desta vez fomos a Celorico de Basto para percorrer a linha do Tâmega, seguimos para Norte até Arco de Baúlhe.

A Linha do Tâmega, originalmente denominada de Caminho de Ferro do Valle do Tâmega ou Linha do Valle do Tâmega, foi uma ferrovia de via estreita (1000 mm) no Norte de Portugal que, na sua máxima extensão, ligava a estação de Livração (na Linha do Douro) à estação de Arco de Baúlhe, numa extensão total de 51,733 quilómetros, servindo Amarante e as Terras de Basto. O primeiro troço da Linha do Tâmega, entre Livração e Amarante foi inaugurado em 20 de Março de 1909. Estava previsto que esta Linha fosse prolongada ao longo do vale do rio Tâmega até Chaves, estabelecendo uma ligação entre o Porto e essa cidade do norte de Trás-os-Montes. Contudo, o local mais a norte que a Linha do Tâmega alcançou foi a vila de Arco de Baúlhe, aonde o comboio chegou em 15 de Janeiro de 1949.

O troço entre Amarante e Arco de Baúlhe foi encerrado em 1990. O tráfego no troço original, entre Livração e Amarante, foi suspenso em 25 de março de 2009, oficialmente para que a Linha pudesse ser submetida a profundas obras de beneficiação. No entanto, as obras nunca chegaram a ocorrer e a Linha do Tâmega acabou por ser definitivamente encerrada em 1 de janeiro de 2012.

DESCRIÇÃO DA TRILHA
Percurso linear, ao longo da Ecopista do Tâmega, com inicio na antiga estação do caminho de ferro de Celorico de Basto e termino em Arco de Baúlhe. A estação de Celorico de Basto é o espaço central desta Ecopista, localizada em pleno centro urbano da sede do concelho. Aqui pode-se visitar um núcleo interpretativo e ficar a conhecer a história da linha do Tâmega. Pode-se também apreciar e adquirir alguns produtos locais no posto de vendas, proceder ao aluguer de bicicletas para realizar o percurso, trocar de roupa e tomar um banho retemperador no final da jornada.

Seguimos para norte, a ecopista tem uma extensão de aproximadamente 17 quilómetros até à estação do Arco de Baúlhe, na qual está instalado um núcleo museológico. Esta ecopista foi construída no espaço canal da desativada linha ferroviária e destina-se à circulação pedonal ou de bicicleta. Trata-se de um percurso suave e acessível para todos, com um declive muito pouco acentuado. Um dos trechos mais empolgantes é o que antecede a Ponte de Matamá, que oferece uma extraordinária vista sobre o Rio Tâmega.

Na estação de Arco de Baúlhe visitamos o núcleo museológico constituído por três antigos armazéns dos caminhos de ferro onde existe, num deles, uma exposição itinerante (No caso sobre o Linho) e nos restantes dois, locomotivas e carruagens antigas assim como peças utilizadas nos caminhos de ferro à época.



Sendo um percurso linear o regresso foi realizado de autocarro, com saída da central de camionagem às 16:54 horas (dias de úteis).

OUTRAS TRILHAS NAS LINHAS DESATIVADAS
ROTA DOS TÚNEIS (LA FREGENEDA - BARCA D`ALVA)
FIM DE LINHA... NO TUA
FIM DE LINHA… DO CORGO (VILA REAL - RÉGUA)



Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes

Commentaires

    You can or this trail