Temps en mouvement  3 hours 46 minutes

Durée  6 hours 50 minutes

Coordonnées 2122

Publié 15 novembre 2018

Recorded novembre 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
186 m
-3 m
0
2,9
5,9
11,76 km

Vu 954 fois, téléchargé 54 fois

près de Canto Grande, Santa Catarina (Brazil)

Trilha Morro do Macaco e Trilha da Tainha


Bombinhas chama a atenção pela natureza preservada. Com praias e vegetação de mata Atlântica por quase todos os lados, a cidade tem rígidas regras ambientais que impedem a degradação e garantem paisagens limpas mesmo na temporada, quando recebe cerca de dez vezes sua população fixa, que gira em torno de nove mil habitantes. Para garantir a limpeza e a conservação, é cobrada uma Taxa de Preservação Ambiental dos turistas que chegam motorizados entre os meses de novembro e abril.
É na alta estação que Bombinhas, literalmente, pega fogo, atraindo brasileiros de diversos estados e muitos argentinos que chegam em busca de suas praias - das movimentadas Bombinhas e Bombas às tranquilas Zimbros, Morrinhos e Canto Grande.
O público jovem toma conta de Quatro Ilhas, cenário dos luaus, boas ondas e de onde avista-se as ilhas de Arvoredo, Galés, Deserta e Macuco. O arquipélago, que compõe a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, é considerado um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, com águas transparentes, exuberante vida marinha e naufrágios. Já as famílias marcam presença nas piscinas naturais da praia da Sepultura, enquanto os casais encontram clima de romance em Mariscal.
Diversas trilhas bem conservadas e repletas de bromélias e orquídeas - entre elas a Laelia purpurata, símbolo de Santa Catarina – levam a mirantes naturais como o Morro do Macaco, a 190 metros de altitude e que descortina o mais belo pôr do sol da região; e o Eco 360º, que revela cada recanto da cidadezinha de apenas 36 quilômetros quadrados.


Canto Grande: Por estar localizada em um istmo, com duas praias opostas, seu primeiro nome era Ponta Grande. A partir dos anos 30, ganhou o nome atual, dividindo-se entre Mar de Dentro e Mar de Fora. Esta pequena vila de pescadores e maricultores ainda mantém viva a cultura dos imigrantes do Arquipélago dos Açores, como a tradição do terno de reis e a técnica da pesca artesanal. O centro da Vila fica aos pés do Parque Municipal do Morro do Macaco, o segundo ponto mais alto da cidade que proporciona ao turista uma bela vista da cidade, da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e também das cidades vizinhas como Tijucas, Governador Celso Ramos e Florianópolis. O Mar de Dentro fica no lado oeste da vila, na Baía de Zimbro, é de águas tranquilas, é ponto de partida de muitas pescarias e passeios de barco pela região. Tem 2.180 metros de extensão. Dali, o por do sol é uma atração única. O Mar de Fora, ao leste da vila é de águas mais agitadas, com ondas propícias para o surf. Suas águas límpidas são renovadas constantemente pelas correntes. A praia também é muito procurada pelos amantes da pesca de arremesso, ao longo de seus 3.831 metros de extensão.

Mariscal: A Praia de Mariscal, com 204,5 metros de extensão, tem areias brancas a base de cristais de quartzo e águas cristalinas. O nome surgiu em função da grande quantidade de mariscos em seus costões. Com águas muito limpas e ondas de médio porte, é muito procurada pelos surfistas. A vegetação de restinga está preservada pintando de verde toda a sua orla, aproximando o turista à natureza. É indicada para banhos de mar e sol, surf, pesca esportiva e longas caminhadas. Para quem gosta de sossego, Mariscal possui uma estrutura quase que exclusivamente residencial.

Praia da Conceição: A praia da Conceição é dividida por uma pequena Ilhota com a praia de Canto Grande Mar de fora. Por estar totalmente cercada por morros, é uma praia bem protegida pelos ventos. Suas areias monazídicas têm propriedades terapêuticas. Uma de suas principais atrações são as piscinas naturais, formadas no seu costão direito. A praia tem 453 metros de extensão e também é o ponto de partida para chegar até a praia da Tainha.

Praia da Tainha: Como o próprio nome diz, esta praia é um excelente local para a pesca da tainha durante os meses do inverno. É um refúgio natural em meio a Mata Atlântica, com beleza surpreendente. Possui cerca de 200 metros de extensão.
Trilha realizada em amigos: Dayanne, Johnny e Joara.

Orientações:
Lembre-se: NÃO FAÇA FOGUEIRAS: Ao acampar as fogueiras são proibidas em locais ambientalmente protegidos. A atividade enfraquece o solo e representa uma das grandes causas de incêndios florestais.
Ao cozinhar utilize fogareiro, para iluminação use lanterna e para se aquecer, basta ter a roupa adequada ao clima do local que se está visitando.
EVITE ao máximo FUMAR e, se o fizer, sobretudo não descarte suas bitucas no caminho - bituca também é LIXO, apague-as com água e traga junto com o seu lixo.
Muita atenção ao horário de retorno (variável de acordo com a estação), leve SEMPRE lanterna e baterias sobressalentes. Ao atravessar ou banhar-se em rios tenha consciência que os mesmos podem subir repentinamente. Isso pode gerar situações perigosas, ilhando ou até arrastando as pessoas.
Lembre-se: em ambientes naturais há riscos de diversos acidentes e a fadiga pode favorecê-los.
NUNCA deixe nenhuma forma de lixo nas trilhas recolha o lixo que encontrar se for possível.

Toda trilha possui seu esforço é importante conhecer seus limites.
A felicidade verdadeira deve ser compartilhada!
Respeite a natureza! Preservemos a beleza natural do mundo.
Plage

Praia Canto Grande

photo

Photo

photo

Photo

Plage

Praia da Conceição

photo

Photo

Carrefour

Intersection

panoramique

Mirante Costeira de Zimbros

panoramique

Mirante: Ilhota e Praia da Conceição

panoramique

Panorama

panoramique

Panorama

panoramique

Panorama

panoramique

Panorama

photo

Córrego

photo

Córrego

Grotte

Caverna

Plage

Prainha

photo

Trilha da Tainha

Plage

Praia da Tainha

Plage

Beach

photo

Photo

2 commentaires

  • Photo de Luis Felipe Ribas

    Luis Felipe Ribas 18 déc. 2018

    I have followed this trail  vérifié  View more

    Já estive em Canto Grande em outras oportunidades, mas nunca havia feito essas duas trilhas. Gostei muito.
    Visual fantástico!
    Minhas dicas: usar um tênis apropriado pra trilhas (devido à areia nas subidas e decidas) e cuidar com as cobras no verão. Topei com uma linda cobra coral quando saía da prainha e voltava pra trilha. Lindona, mas mortal...
    A próxima vai ser a Costeira de Zimbros.

  • Photo de Johnny S

    Johnny S 18 déc. 2018

    Obrigado pela avaliação e pelas ótimas dicas Luis.
    Costeira de Zimbros é lindíssima, gosto muito deste percurso.
    Como sou de Floripa gosto de fazer a partir de Porto Belo ate Zimbros:
    wikiloc Costeira de Zimbros.
    Abraços e boa trilha.

You can or this trail